Essa página pode demorar um século para carregar, mesmo que você tenha conexão de banda larga. A não ser que você tenha uma conexão de 10 Mega pra cima, ou more no Japão! Huhuahuhaha... Mas tenha paciência, afinal você passou 9 meses para nascer :-) E quando abrir verás que valeu a pena esperar :-) Isso se tiver também paciência para olhar todas as páginas :-)

Era uma vez

E mesmo as que não foram boas cada momento foi único... E assim nasceu
Um livro de contos diferente, escrevinhado e retratado a partir de 2005, quando Portugal saiu do meu sonho e passou a realidade. Condensei momentos inesquecíveis que nunca acabarão, pois serão eternamente lembrados. Muitas gargalhadas, muitos abraços e lágrimas em cada despedida. Momentos que nem o tempo pode apagar e que estão gravados em meu coração e sempre que folheio cada página digo: VALEU À PENA... E sempre valerá aconteça o que acontecer... Enquanto isso o tempo passa... e falando em tempo:
Era uma vez uma ilha, onde moravam todos os sentimentos: a Alegria, a Tristeza, a Sabedoria e todos os outros sentimentos. Por fim o amor. Mas, um dia, foi avisado aos moradores que aquela ilha iria afundar. 
Todos os sentimentos apressaram-se para sair da ilha.

Pegaram seus barcos e partiram. Mas o amor ficou, pois queria ficar mais um pouco com a ilha, antes que ela afundasse. Quando, por fim, estava quase se afogando, o Amor começou a pedir ajuda.
 Nesse momento estava passando a Riqueza, em um lindo barco. O Amor disse:

- Riqueza, leve-me com você.
- Não posso. Há muito ouro e prata no meu barco. Não há lugar para você.

Ele pediu ajuda a Vaidade, que também vinha passando.

- Vaidade, por favor, me ajude.
- Não posso te ajudar, Amor, você esta todo molhado e poderia estragar meu barco novo.

Então, o amor pediu ajuda a Tristeza.

- Tristeza, leve-me com você.
- Ah! Amor, estou tão triste, que prefiro ir sozinha.

Também passou a Alegria, mas ela estava tão alegre que nem ouviu o amor chamá-la.
Já desesperado, o Amor começou a chorar. Foi quando ouviu uma voz chamar:

- Vem Amor, eu levo você!

Era um velhinho. O Amor ficou tão feliz que esqueceu-se de perguntar o nome do velhinho. Chegando do outro lado da praia, ele perguntou a Sabedoria.

- Sabedoria, quem era aquele velhinho que me trouxe aqui?

A Sabedoria respondeu:

- Era o TEMPO.

- O Tempo? Mas porque só o Tempo me trouxe?

- Porque só o Tempo é capaz de entender o "AMOR".
FIQUEI FELIZ EM TE VÊ POR AQUI - E MAIS FELIZ FICAREI SE SEGUIRES MEUS PASSOS NOS MEUS ANOS EM MEU PORTUGAL - BASTA SUBIR A PÁGINA E CLICAR NAS DATAS!
Este cantinho é parte integrante da Ilha da Lindalva, aqui coloco pedaços inteiros de lindos dias, tardes e noites em minha segunda Pátria de coração: PORTUGAL - Qualquer distorção será por conta do navegador do visitante, vez esta página ter sido construída no Chrome e se seu navegador é o IE ou Mozila, então poderá não ter uma visualização completa.
QUALQUER PROBLEMA POR FAVOR ME AVISE NO MURAL...


Alguns Poemas, Sonetos e frases transcritas neste álbum foram extraídas da net, mas algumas não constam a autoria, se alguma for sua me avise escrevendo para lavanda64@gmail.com que darei os devidos créditos ou a retirarei se assim for o teu desejo
BEIJOS E ABRAÇOS A QUEM DE DIREITO!!!!

*******************************************************************************
*******************************************************************************